Capitao Leonidas Marques
20º C




A Rádio Hawai






Vacina contra HPV está disponível para meninas de 9 a 13 anos.


Postada em: 12/04/2016 às 14:03:02




‘’A Secretaria Municipal de Saúde de Capitão L. Marques alerta sobre a baixa procura pelas vacinas.’’


Meninas de 9 a 13 anos devem procurar uma Unidade de Saúde e se vacinar gratuitamente contra o HPV.


A vacina protege contra o papiloma vírus humano, causador de mais de 70% dos casos de câncer de colo do útero. Atualmente, esse tipo de tumor é o terceiro mais freqüente em mulheres e a quarta causa de morte feminina por câncer no Brasil.


A meta é vacinar, no mínimo, 80% da população feminina nesta faixa etária no Paraná e com o passar dos anos, reduzirem cada vez mais o número de casos no Estado. Meninas de 9 a 13 anos devem procurar uma Unidade de Saúde e se vacinar gratuitamente contra o HPV.


Em Capitão Leônidas Marques, o que preocupa a Secretaria de Saúde é a baixa procura pelas doses, como explica a auxiliar de enfermagem, Rosane Bruschi.


“Tem pouca procura, principalmente entre meninas acima de 12 anos de idade ‘’enfatiza.


As doses são gratuitas na rede pública, a auxiliar de enfermagem  alerta para que as meninas procurem o centro de saúde para receber a vacina.


‘’Não tem horário,as vacinas estão disponíveis a qualquer hora no centro de saude’’ressalta.


  Ainda de acordo com Rosane, uma campanha será realizada em Capitão Leônidas Marques como forma de incentivar as meninas á receberem as doses.


‘’ Ainda não data prevista, mas teremos uma campanha na tentativa de conscientizar as mães e as meninas, porque na maioria das vezes as mães querem, mas as filhas se recusam em se vacinar ’’finalizou a auxiliar.


O coordenador de imunização, João Luís Crivellaro, explica que a vacinação em meninas de 9 a 13 anos anos, diminui a incidência da doença a médio e longo prazo.


 "Realizando a vacinação agora, é provável que em alguns anos possamos reduzir a mortalidade por câncer de colo de útero"enfatiza.


 Após receber  a primeira dose, as meninas vacinadas devem retornar à Unidade de Saúde depois de seis meses para tomar  a 2ª dose.


“O retorno é muito importante. Para que a imunização seja eficaz, o esquema vacinal deve estar rigorosamente em dia”, ressalta Crivellaro


A transmissão do vírus HPV ocorre por via sexual, demandando o uso de preservativos durante a relação sexual. A vacinação, em conjunto com o exame preventivo (Papanicolau), também são maneiras de prevenir esse tipo de tumor.




Deixe seu Comentário