Capitao Leonidas Marques
20º C




A Rádio Hawai






IAP vai revisar plano diretor do entorno da usina de Salto Caxias.


Postada em: 02/09/2016 às 11:38:14




O presidente do IAP (Instituto Ambiental do Paraná), Luiz Tarcísio Mossato Pinto, recebeu quinta-feira (1) oficialmente a proposta de mapas e documentos para a revisão e regularização de atividades no entorno do reservatório da Usina Hidrelétrica Governador José Richa – Salto Caxias. A usina está instalada nos municípios de Capitão Leônidas Marques e Nova Prata do Iguaçu, no Oeste do Estado.


O documento foi entregue pela secretária de Administração do município de Boa Vista da Aparecida, Rosenilda Ozório, coordenadora dos trabalhos pela Associação Pró Caxias.


Ao todo, cinco municípios que fazem divisa com o reservatório tiveram audiências públicas e discussões para formalizar uma proposta ao órgão ambiental que trabalha na coordenação dos trabalhos para a revisão do plano de uso do solo. As discussões estão sendo acompanhadas pelo Escritório Regional do IAP e pela sede do instituto.


De acordo com as normas ambientais, o Plano Diretor de Uso e Ocupação do Solo dos reservatórios de usinas precisa ser revisto a cada dez anos, tempo em que o atual plano foi aprovado pelo IAP.


A proposta que está sendo debatida entre empreendedor responsável pelo reservatório, IAP e sociedade civil organizada pretende regulamentar alguns empreendimentos já em atividade e em desacordo com o plano vigente e que participaram das audiências públicas, além da instalação de novos empreendimentos como marinas e espaços de lazer.


“A participação da sociedade nesse processo é fundamental para garantir que as necessidades de todos sejam atendidas de maneira a garantir o desenvolvimento econômico e social dos municípios do entorno juntamente com a preservação do meio ambiente e a manutenção da qualidade da água do reservatório”, afirmou o presidente do IAP.


Além disso, segundo ele, a participação de todos é uma garantia maior de que a população respeite as normas que estão sendo propostas, pois participando do processo de discussão a sociedade passa a entender a necessidade de preservação.


Com os documentos em mãos, protocolados junto ao Escritório Regional do IAP de Cascavel dia 31 de agosto, a comissão nomeada pela portaria do instituto nº 99/2016 fará vistorias no entorno do reservatório, reuniões de discussões para fechar uma proposta final em até 120 dias.


A comissão tem como objetivo analisar as propostas apresentadas pela sociedade civil para a revisão do plano de uso e ocupação as margens da represa. São esses planos que definem quais são as áreas que podem ser utilizadas para lazer, como marinas, decks e praias artificiais, e quais locais devem permanecer preservados.


USINA – A Usina Hidrelétrica Governador José Richa, também conhecida como Salto Caxias, pertence à Copel e foi inaugurada em 1999. Sua capacidade de produção é de 1.240 megawatts e fornece energia elétrica ao mercado consumidor das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do País.


Fonte/AEN



Deixe seu Comentário